Criada em 21/03/2019 às 15h27 | Pecuária

Imunização do rebanho contra aftosa deve ser feita com vacina de 2 ml, orienta Adapec; dosagem de 5 ml não será permitida

A partir de 1º de abril, o produtor para imunizar o seu rebanho contra aftosa deve usar a vacina de 2 mil bivalente, não sendo mais permitido o uso da dose de 5 ml. A medida faz parte das estratégias do programa nacional de erradicação da doença, que prevê a retirada da vacinação até 2021.

Imagem
A próxima etapa de vacinação contra a febre aftosa ocorrerá de 1º a 31 de maio, com a estimativa de vacinar 8,6 milhões de bovídeos. (Foto Arquivo Seagro)

Dinalva Martins
DE PALMAS (TO)

A vacina contra a febre aftosa mudou. Uma nova dose de 2 ml bivalente (para dois tipos de vírus A e O) será utilizada a partir do dia 1º de abril em todo o território brasileiro. A comercialização e a utilização da antiga vacina de 5 ml não serão mais permitidas, por isso é necessário que os produtores rurais fiquem atentos para usarem a dose correta, que visa diminuir efeitos colaterais no rebanho. A medida faz parte das estratégias do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA), que prevê a retirada da vacinação até 2021.

No Tocantins, para garantir que as normas sejam cumpridas, a Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) notificou, em fevereiro deste ano, todas as lojas agropecuárias credenciadas sobre as mudanças e a proibição da comercialização da vacina de 5 ml. Além disso, fiscalizará e acompanhará o recebimento do novo produto nesses estabelecimentos. “Orientamos também sobre os procedimentos com relação ao estoque da dose antiga, que deverá ser recolhido pelo distribuidor do produto” informa o responsável pelo Programa Estadual de Erradicação da Febre Aftosa, João Eduardo Pires.

De acordo com o presidente da Adapec, Alberto Mendes da Rocha, além da fiscalização nos estabelecimentos, os técnicos estarão promovendo palestras sobre as novas alterações, em todas as regiões do estado. “Nossos objetivos são conscientizar e esclarecer, aos produtores rurais e demais envolvidos na cadeia produtiva pecuária, todo o processo que envolve a retirada da vacinação, que acontecerá de forma gradativa”, destaca.

Campanha

A próxima etapa de vacinação contra a febre aftosa ocorrerá de 1º a 31 de maio, com a estimativa de vacinar 8,6 milhões de bovídeos (bovinos e bubalinos) de todas as faixas etárias.

Palestra

No próximo dia 23 de março, às 15 horas, na Câmara Municipal de Guaraí, a Adapec promoverá uma palestra aberta ao público sobre a retirada da vacinação contra a febre aftosa. Para obter mais informações, ligue na Unidade Local da Adapec de Guaraí no telefone (63) 3464-1144. (Da Adapec)

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2019 Norte Agropecuário