Criada em 09/08/2019 às 15h35 | Pecuária

Tocantins participa de simulado de contenção de foco de aftosa; ação envolve defesas sanitárias de países sul-americanos

O exercício de simulado conjunto de contenção a um possível foco de febre aftosa acontece na próxima semana, de 12 a 16, envolvendo autoridades e técnicos sanitários de Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai. O treinamento faz parte das estratégias de retirada da vacinação.

Imagem
O treinamento faz parte das estratégias para retirada da vacinação contra a doença, que no Tocantins está prevista para ocorrer até 2021. (Foto Arquivo Seagro / Governo do Tocantins)

Dinalva Martins
DE PALMAS (TO)

Entre os dias 12 e 16  de agosto, a Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) participará do “Exercício simulado conjunto de contenção a atenção a um foco de febre aftosa”, em São José dos Pinhais (PR). O evento contará com a participação de representantes de todos os estados brasileiros, bem como dos demais países da América do Sul. O treinamento faz parte das estratégias para retirada da vacinação contra a doença, que no Tocantins está prevista para ocorrer até 2021.

O diretor de defesa, inspeção e sanidade animal da Adapec, Márcio Rezende, que na oportunidade representará o Estado, afirma que o treinamento servirá para nivelar e fortalecer as ações. “Essa preparação, que inclui aplicação de prova de conhecimento aos participantes, proporcionará o alinhamento das atividades e conhecimento amplo de todos os aspectos que envolvem a enfermidade”, destaca.

O evento é organizado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) com o apoio do Centro Panamericano de Febre Afosa (Panaftosa), do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e do Comitê Veterinário Permanente do Mercosul (CVP).

Entre os principais temas que serão apresentados estão: Situação epidemiológica da febre aftosa na América do Sul e no mundo; Procedimentos de biossegurança no atendimento às suspeitas de doenças vesiculares; Revisão das técnicas de colheita, meios de cultura e remessa de material para laboratório. Além disso, atividades do simulado a campo e em gabinete.

De acordo com o Mapa, está prevista a participação de 160 veterinários no simulado: 64 da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar); 12 da Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai;  37 do Mapa; 38 dos Serviços Veterinários Estaduais e de todos os Estados brasileiros; sete da Defesa Civil do Paraná e dois da Prefeitura de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba. (Da Adapec)

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2019 Norte Agropecuário