Criada em 12/11/2019 às 11h46 | Exportações

Mesmo com peste suína na China, exportações do agronegócio no Estado do Tocantins passam de R$ 3,8 bilhões neste ano

Mesmo assim, o país asiático segue sendo o maior comprador de produtos do Tocantins, com quase US$ 500 milhões, ou seja, mais de R$ 2 bilhões, em soja. Na segunda colocação, mas muito longe da liderança, aparece a Espanha, adquiriu US$ 52,48 milhões de soja.

Imagem
Valor acumulado de janeiro a outubro é o segundo maior da história, só perdendo para 2018 (foto: Mapa/Divulgação)

DANIEL MACHADO
DE BRASÍLIA (DF)

As exportações do Tocantins alcançaram US$ 927,29 milhões de janeiro a outubro deste ano. O valor, que corresponde a R$ 3,8 bilhões, é o segundo maior da história, só perdendo para o ano passado, quando alcançou US$ 1,11 bilhão.

O desempenho positivo das exportações ocorre apesar da peste suína africana que atingiu o rebanho de porcos da China, o que reduziu a importação de soja por parte daquele país.

Mesmo assim, o país asiático segue sendo o maior comprador de produtos do Tocantins, com quase US$ 500 milhões, ou seja, mais de R$ 2 bilhões, em soja. Na segunda colocação, mas muito longe da liderança, aparece a Espanha, adquiriu US$ 52,48 milhões de soja.

A Tailândia, com US$ 35,09 milhões, também de soja, é a terceira colocada. A carne só aparece na quarta colocação, com US$ 29,77 milhões, comprados por Hong Kong, território autônomo especial localizado na China.

AVALIAÇÃO

Para o secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura do Estado, César Halum, o volume de exportação é muito significativo. Ele destacou que o Estado tem uma economia baseado na agropecuária. Halum ressaltou que o crescimento na produção de milho contribuiu para a ampliação das exportações, com o milho já chegando a 6,7% do total vendido ao exterior. “Crescemos muito na produção de milho no Estado e é preciso crescer mais, pois o milho é importante para fabricação das reações”, frisou o secretário, ao destacar que o grande objetivo do Estado é dobrar a produção agropecuária nos próximos cinco anos.

COMPARATIVOS

O valor exportado pelo Estado apenas nos primeiros dez meses deste ano é quase três vezes superior ao Orçamento Municipal de Palmas para 2020, que está previsto em R$ 1,3 bilhão.

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2019 Norte Agropecuário