Criada em 28/03/2019 às 08h38 | Pecuária

Busca incessante por tecnologia faz da Casa Branca Agropastoril referência na criação das raças angus, brahman e simental

Em entrevista ao Norte Agropecuário , o diretor da unidade em Silvianópolis (MG), Heitor Pinheiro Machado, revela como funcionam as provas de desempenho que atestam a qualidade dos animais comercializados pela empresa referência no país na criação das raças Angus, Brahman e Simental.

Imagem
Machado: “Temos pesquisas em várias áreas e sempre buscando o que há de mais moderno para oferecer ao comprador do nosso touro, do nosso sêmen” (foto: Diogo França/Texto Comunicação Corporativa)


Clique no ícone acima e assista a entrevista

VÂNIA MACHADO
DE PALMAS (TO)

Com o emprego de alta tecnologia, a Casa Branca Agropastoril é uma referência no Brasil quanto à criação bovinos das raças Angus, Brahman e Simental. Ao Norte Agropecuário, o gerente da unidade de Silvianópolis (MG), Heitor Pinheiro Machado, revela que a busca pelo melhoramento genético é incessante.

“A Casa Branca é uma empresa que busca a produção de reprodutores para venda e produção de animais de porte. Esse é o grande foco da Casa Branca, é a busca pela melhor genética que possa existir, a melhor tecnologia, a mais moderna. Isso é uma busca incessante”, ressalta.

A empresa conta com a parceria das universidades federais de Lavras (UFLA), Viçosa (UFV) e a Estadual Paulista (Unesp) para promover a seleção dos melhores animais. “Temos pesquisas em várias áreas e sempre buscando o que há de mais moderno para oferecer ao comprador do nosso touro, do nosso sêmen. O diferencial é a pesquisa e a inovação”, reforça.

Por meio de provas de desempenho, os candidatos a touros jovens das três raças são monitorados por aproximadamente 120 dias, sendo medidas várias características de interesse produtivo. “Você mensura quais são os melhores reprodutores para ganho de peso, depois disso, eles são levados para uma ultrassonografia de carcaça, se avalia área de olho e de lombo, cobertura de gordura, marmoreio. Depois eles vão ser submetidos a uma prova de eficiência alimentar, quem ganha mais peso com menos comida”, explica.

Machado ressalta que os clientes da empresa têm acesso a todas as informações obtidas nas provas de desempenho. “A gente passa essas informações para o comprador e ele vai saber exatamente qual o animal, dentro daquilo que estamos ofertando, qual que é o melhor perfil para ele usar no rebanho dele”, conclui.

SAIBA MAIS SOBRE O ROAD-SHOW 

Empresas de agronegócio apresentam seus produtos e serviços no Road-Show; ouça!

Convidado por empresa de SP, Norte Agropecuário conhece principais polos produtores de alimentos de 3 Estados 

Produção e tecnologias são o foco do Road-Show

Norte Agropecuário conhece confinamento que fatura por ano R$ 250 milhões

Destaque no cenário nacional na criação de Angus, Brahman e Simental, Casa Branca Agropastoril apresenta seu potencial

No MS, Norte Agropecuário vai a maior produtora de alevinos de tilápia e visita projeto que faz 100 mil toneladas de peixes

Minerva Foods reúne 100 pecuaristas de Araguaína e de Goiás em projeto que busca qualidade de animais 

Fim da obrigatoriedade de vacinar contra o aftosa e carne 4.0 são os temas do último dia do Road-Show

Sindan alerta sobre consequências da retirada de vacinação antiaftosa a Estados que atravessam problemas financeiros

“Jeito sertanejo de fazer agropecuária ficou para trás”, diz Campanelli, que fatura R$ 250 milhões em confinamento

Programa de rádio destaca exemplos de sucesso da agropecuária em alguns dos principais polos de produção de alimentos do país

Maior produtora de alevinos do país, empresa investirá R$ 12 milhões em melhoramento genético de tilápia no Tocantins

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2019 Norte Agropecuário