Criada em 07/06/2019 às 16h36 | Agronegócio

Venda de máquinas agrícolas e implementos cai 5,8% em maio, diz Anfavea; mas acumula crescimento de 3,7% no ano

De acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, de janeiro a maio deste ano, o segmento de máquinas agrícolas e implementos rodoviários vendeu 15,5 mil unidades, uma expansão de 3,7%. Mas no mês de maio, as vendas caíram 5,8% se comparado a maio de 2018.

Imagem
Para o mercado externo, as fabricantes venderam 1,2 mil unidades em maio, alta de 15% em relação a igual mês do ano passado. (Foto Divulgação Web)

A venda de máquinas agrícolas e implementos rodoviários ao mercado brasileiro caiu 5,8% em maio ante igual mês do ano passado, informa balanço divulgado nesta quinta-feira (6/6) pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Foram 3,1 mil unidades vendidas no mês passado. O volume, se comparado a abril, aponta recuo de 0,7%.No acumulado de janeiro a maio, o segmento vendeu 15,5 mil unidades, expansão de 3,7% em relação a igual período de 2018.

A produção, por sua vez, teve recuo de 18,6% em maio ante igual mês do ano passado, para 5,4 mil unidades. Na comparação com abril, o total produzido representa crescimento de 23,2%. No entanto, no acumulado do ano, foram 20,7 mil unidades fabricadas, baixa de 4,2% sobre o resultado de igual período do ano passado.

Para o mercado externo, as fabricantes venderam 1,2 mil unidades em maio, alta de 15% em relação a igual mês do ano passado. Em comparação a abril, houve queda de 3,6%. No acumulado do ano, são 5,2 mil unidades vendidas ao exterior, crescimento de 0,8% em relação a igual intervalo do ano passado.

Em valores, as exportações de máquinas agrícolas e implementos rodoviários caíram 13,4% em maio ante igual mês do ano passado, para US$ 263,7 milhões. A receita, se comparada a abril, representa recuo de 6,7%. No acumulado do ano, as fabricantes faturaram US$ 1,257 bilhão, recuo de 15,2% em relação a igual intervalo de 2018. (Por Estadão Conteúdo)

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2019 Norte Agropecuário