Criada em 12/04/2019 às 16h47 | Agricultura

Embrapa abre inscrições para interessados em produzir sementes de cultivares de grão-de-bico; prazo encerra dia 26 de abril

Está aberto o período de inscrições para produtores interessados em produzir sementes de grão-de-bico desenvolvidas pela Embrapa. As inscrições segue até o dia 26 de abril. Estão sendo ofertadas sementes das cultivares de grão-de-bico Cícero, BRS Aleppo, BRS Cristalino e BRS Toro.

Imagem
Os interessados devem ser inscritos no Registro Nacional de Sementes e Mudas. (Foto Warley Nascimento)

Anelise Macedo
DE BRASÍLIA (DF)

Produtores interessados em produzir sementes de grão-de-bico já podem preparar a documentação para participar da oferta de sementes para produção das cultivares de grão-de-bico Cícero, BRS Aleppo, BRS Cristalino e BRS Toro. De acordo com o Comunicado de Oferta nº 06/2019, da Secretaria de Inovação e Negócios (SIN) da Embrapa, as inscrições vão até o dia 26 de abril de 2019.

Ainda conforme o Comunicado, serão contemplados os produtores que enviarem e-mail com o assunto “Comunicado de oferta nº 06/2019” para o endereço sin-ebsb-oferta@embrapa.br. Vale destacar que os interessados devem ser inscritos no Registro Nacional de Sementes e Mudas (RENASEM/MAPA). Mais informações podem ser obtidas no telefone (61) 3448-1971.

O chefe-geral e coordenador do programa de melhoramento genético de leguminosas Warley Nascimento chama a atenção para a importância da parceria entre a Embrapa Hortaliças (Brasília-DF) e a SIN que permitiu mais uma ação de fomento à produção de sementes da Embrapa.

Clique aqui para acessar o comunicado de oferta

“Esse esforço voltado ao fomento à produção de sementes das cultivares de grão-de-bico da Embrapa representa uma significativa contribuição à cadeia produtiva dessa cultura. Ao disponibilizar sementes com alta qualidade (genética, física, fisiológica e sanitária) deu-se o primeiro passo para o sucesso de todos os envolvidos nesse processo”, anota Nascimento.

Cultivares ofertadas

Cícero - Totalmente mecanizada, a primeira cultivar de grão-de-bico desenvolvida pela Embrapa Hortaliças (Brasília-DF) apresenta boa adaptação às condições edafoclimáticas do Brasil Central. Nessa região, a cultura se desenvolve bem no período seco de inverno, em locais de maiores altitudes.

BRS Aleppo - Essa cultivar não exige grandes aportes de água ao longo dos quatro meses de seu ciclo de produção. Sua produtividade é outro fator que não pode ser desprezado: alcança, em média, 30 sacas por hectare, e outra questão a ser destacada refere-se à sua maior tolerância a fungos de solo.

BRS Cristalino - Sua adaptação ao cultivo em áreas irrigadas do Planalto Central e sua elevada produtividade - média de 3.000 kg/ha - são as principais características dessa cultivar. Outros atrativos também podem ser contabilizados a exemplo da colheita mecanizada e a sua dupla aptidão para o uso na indústria de conservas (grãos reidratados) e no consumo seco.

BRS Toro - Bastante rústica, a cultivar - assim como as outras cultivares apresentadas - é igualmente adaptada ao cultivo mecanizado e seus grãos podem ser destinados tanto para o mercado de grãos secos quanto para o enlatamento, após o processamento industrial.

Livro

Informações mais detalhadas sobre características de leguminosas como grão-de-bico, e também feijão-vagem, ervilha e lentilha, estão disponíveis no livro “Hortaliças Leguminosas”. Dividido em cinco capítulos, o livro traça um histórico sobre a origem de cada um desses alimentos, suas especificidades botânicas, nutricionais, potencialidades de mercado e comercialização, e tecnologias desenvolvidas com relação à prevenção de doenças, irrigação, tratos culturais, entre outros. (Da Embrapa Hortaliças)

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2019 Norte Agropecuário