Criada em 20/02/2020 às 06h31 | Política brasileira

Coordenador do Grupo Gestor do Matopiba, César Halum debate em mesa da ONU produção sustentável de soja na região

“Alinhamos produção com preservação em todas as ações colocadas em prática pelo grupo gestor de secretários de agricultura dos estados do Matopiba. Na reunião de hoje, discutimos quais são os prognósticos para a implantação do projeto da cadeia produtiva da soja sustentável”, disse.

Imagem
Outro projeto importante mencionado por Halum é o da cadeia sustentável da carne (foto: SeagroTO/Divulgação)

Raquel Oliveira
DE PALMAS (TO) 

A convite do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), o secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura do Estado e coordenador do Grupo Gestor do Matopiba, César Halum, participou nesta quarta-feira, 19, em Brasília (DF), da 5ª Reunião do Comitê Consultivo do Pnud. Entre os temas tratados está a agricultura sustentável no Brasil, além de iniciativas de produção sustentável no cerrado e a continuidade de ações na região do Matopiba, que tem como objetivo reduzir o desmatamento na área de fronteira agrícola e promover uma produção de soja sustentável em uma área de 73 milhões de hectares, abrangendo os estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia.

“Alinhamos produção com preservação em todas as ações colocadas em prática pelo grupo gestor de secretários de agricultura dos estados que fazem parte do Matopiba. Na reunião de hoje, discutimos quais são os prognósticos para a implantação do projeto da cadeia produtiva da soja sustentável”, disse o secretário César Halum, acrescentando que no Tocantins e Bahia o projeto já esta em execução e segue até 2021.

Na oportunidade César Halum também apresentou o Tocantins como modelo de estado que vem colocando em prática ações e projetos focados no cerrado sustentável, uma vez que 85% do seu território é formado por cerrado. “Precisamos expandir a nossa produção, mas sempre com muita responsabilidade”, disse ele esclarecendo que: “nós entendemos que temos que nos alinhar às instituições que podem nos auxiliar e até mesmo financiar projetos que permitam dar visibilidade as nossas ações e, principalmente, mostrar ao produtor rural que a sustentabilidade permite o aumento da produtividade e rentabilidade”.

Outro projeto importante mencionado por Halum é o da cadeia sustentável da carne. “Já estamos executando, especificamente no Tocantins, o projeto da cadeia produtiva sustentável da carne. Temos uma pecuária de corte muito desenvolvida e precisamos estar alinhados com as exigências do mercado, no qual está à produção de carne sustentável, nos tornando assim mais competitivos” finalizou o gestor comemorando o fato do Tocantins sempre ser exemplo e participar continuamente de reuniões importantes como a desta quarta-feira.

Participaram também da reunião o diretor da Embrapa, Pesca e Aquicultura Alexandre Freitas, o superintendente Federal da Agricultura no Tocantins Rodrigo Guerra, e representantes do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins). (Da SeagroTO)

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2020 Norte Agropecuário