Criada em 02/04/2019 às 18h26 | Exportações

No acumulado do ano, exportações de soja brasileira somam 21,33 milhões/ton; crescimento de quase 23% em relação a 2018

Só em março, as exportações do complexo da soja somaram 10,674 milhões de toneladas. No acumulado do ano, o Brasil já exportou 21,233 milhões de toneladas de soja, farelo e óleo, 22,7% acima de igual período de 2018.

Imagem
As exportações de soja em grão somaram 8,955 milhões de toneladas em março. (Foto Divulgação Web)

As exportações brasileiras do complexo soja somaram 10,674 milhões de toneladas em março, com receita de US$ 3,928 bilhões. Em relação a igual período de 2018, os embarques aumentaram 4,2% em volume, mas recuaram 2,3% em receita. Já ante fevereiro, houve aumento de 50,3% em volume e de 52,7% em receita. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira, 1º de abril, pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia.

Com a colheita adiantada da soja da safra 2018/2019 e a demanda chinesa ainda firme por causa da guerra comercial, os embarques do País estão mais acelerados do que há um ano. Contudo, o preço por tonelada embarcada de soja em grão, farelo e óleo está abaixo de um ano atrás.

No acumulado de 2019, o Brasil já exportou 21,233 milhões de toneladas de soja, farelo e óleo, 22,7% acima de igual intervalo do ano anterior. A receita obtida com as vendas externas do complexo nos três primeiros meses de 2019 somou US$ 7,822 bilhões, 16,4% acima do primeiro trimestre de 2018.

Grão

As exportações de soja em grão somaram 8,955 milhões de toneladas em março. Na comparação com igual período de 2018, quando foram embarcados 8,813 milhões de toneladas, o aumento chegou a 1,6%. A receita com as vendas externas do grão atingiu US$ 3,253 bilhões, queda de 5,3% em relação a fevereiro do ano passado (US$ 3,434 bilhões). Na comparação com fevereiro, quando foram embarcados 6,091 milhões de toneladas, as exportações aumentaram 47% em volume. Em receita, o incremento foi de 47,4% ante o total de US$ 2,206 bilhões de fevereiro. O preço médio do produto exportado foi de US$ 363,3/tonelada, ante US$ 389,7/tonelada em março do ano passado e US$ 362,2/tonelada em fevereiro.

No acumulado de 2019, foram exportados 17,2 milhões de toneladas, 30,2% acima de igual período de 2018. A receita totalizou US$ 6,274 bilhões (+22,5%).

Farelo

De farelo de soja, o volume exportado somou 1,605 milhão de toneladas, incremento de 21,3% em relação a março de 2018, quando o Brasil enviou ao exterior 1,323 milhão de toneladas. Ante fevereiro, quando os embarques somaram 976,4 mil toneladas, houve aumento de 64,4%.

A receita com a exportação em março totalizou US$ 597,3 milhões, aumento de 17,8% em relação aos US$ 507,1 milhões de igual período de 2018. Em relação ao mês anterior, quando o faturamento somou US$ 341,8 milhões, o crescimento foi de 74,8%. O preço médio por tonelada ficou em US$ 372,1, ante US$ 383,2 em março de 2018 e US$ 350,1 em fevereiro.

No acumulado deste ano, os embarques somaram 3,842 milhões de toneladas, aumento de 1% ante igual período de 2018. A receita somou US$ 1,420 bilhão (+2,7%).

Óleo

Já de óleo de soja, as exportações em fevereiro somaram 114,1 mil toneladas, aumento de 7,9% em relação a igual mês de 2018, quando os embarques haviam somado 105,7 mil toneladas. Em relação a fevereiro, quando foram embarcadas 36,6 mil toneladas, o aumento foi de 211,7%. A receita referente às vendas externas somou US$ 77,4 milhões em março.

A queda foi de 2,4% ante igual período do ano passado, quando os recursos com a exportação haviam totalizado US$ 79,3 milhões. Na comparação com fevereiro, quando a receita somou US$ 24,6 milhões, o aumento foi de 214,6%. O preço médio por tonelada somou US$ 678, ante US$ 749,5 há um ano e US$ 672,4 um mês antes.

No acumulado de 2019, as exportações totalizaram 190.300 toneladas, recuo de 32,5% na comparação com primeiro trimestre de 2018. A receita somou US$ 127 milhões (-40,1%). (Do Estadão Conteúdo)

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2019 Norte Agropecuário