Criada em 20/07/2017 às 15h23 | Política brasileira

Temer nomeia novos diretores da Embrapa; foram 142 inscritos em sistema de seleção conduzido pelo conselho da empresa

Coube também ao Consad a elaboração de lista tríplice para cada cargo, enviada para o Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi, que por sua vez, fez a indicação dos nomes para as Diretorias da Embrapa ao Presidente da República, Michel Temer.

Imagem
Mauríclio Lopes: "Temos desafios enormes no presente e lidamos com uma grande expectativa da sociedade e de nossas equipes internas quanto ao nosso papel perante o futuro da agropecuária brasileira"

A nomeação dos novos diretores-executivos da Embrapa foi publicada no Diário Oficial da União de quarta-feira, 19 de julho. A analista Lúcia Gatto assume a Diretoria-Executiva de Administração e Finanças, o pesquisador Celso Luiz Moretti assume a Diretoria-Executiva de Pesquisa e Desenvolvimento, e o pesquisador Cleber Oliveira Soares assume a Diretoria-Executiva de Transferência de Tecnologia.

O processo de seleção dos novos diretores foi regido pelo Decreto nº 8.945/2016, que regulamenta a Leia das Estatais e conduzido pelo Conselho de Administração da Embrapa (Consad), que instituiu uma comissão de apoio para verificar os documentos enviados pelos 142 inscritos, conforme o item 6 da Resolução do Consad número 160, de 11 de abril de 2017.

Depois da análise prévia de compatibilidade dos candidatos às exigências do processo seletivo, foi realizada a verificação da comprovação documental apresentada pelos candidatos e da ausência de vedações para indicação dos nomes para os cargos de diretores, conforme previsto no referido Decreto.

Coube também ao Consad a elaboração de lista tríplice para cada cargo, enviada para o Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi, que por sua vez, fez a indicação dos nomes para as Diretorias da Embrapa ao Presidente da República, Michel Temer.

O presidente Maurício Lopes destaca o profissionalismo na condução do processo de seleção dos novos diretores, liderada pelo presidente do Consad, o secretário-executivo do Mapa, Eumar Novack, com pleno apoio do ministro Blairo Maggi. Segundo ele, os critérios técnicos foram plenamente respeitados durante todo o processo.

Lopes enalteceu, ainda, o papel dos três diretores que deixam os cargos, Vania Castiglioni, Ladislau Martin Neto e Waldyr Stumpf. "Faço aqui um reconhecimento público à parceria estabelecida com esses diretores que desempenharam um papel comprometido com as diretrizes da Embrapa e deixam para a história da empresa uma contribuição marcada pela ética, dedicação, responsabilidade e carinho pela instituição".

Para o novo período de gestão que se inicia, o presidente destaca, "temos desafios enormes no presente e lidamos com uma grande expectativa da sociedade e de nossas equipes internas quanto ao nosso papel perante o futuro da agropecuária brasileira. Com serenidade e muita disposição, vamos ao trabalho, certos de que contaremos com o apoio de toda a Empresa".

AS MUDANÇAS

Lúcia Gatto substitui Vania Beatriz Castiglioni na Diretoria-Executiva de Administração e Finanças. Celso Luiz Moretti substitui Ladislau Martin Neto na Diretoria-Executiva de Pesquisa e Desenvolvimento e Cleber Oliveira Soares sucederá Waldyr Stumpf Junior na Diretoria-Executiva de Transferência de Tecnologia.

Conheça os novos diretores:

ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS

Lúcia Gatto possui graduação em Zootecnia pela Universidade Federal de Santa Maria, UFSM (1988), especialização em Gestão Empresarial pela Universidade Católica Dom Bosco, UCDB (1999) e em Engenharia de Produção - Marketing para Gestão Empresarial pela Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC (2001). É analista da Embrapa Gado de Corte, tendo desempenhado as funções de substituta do supervisor da Área de Negócios Tecnológicos (novembro de 1998 a março de 1999), supervisora da Área de Negócios Tecnológicos (março de 1999 a março de 2008), substituta do Chefe-Adjunto de Comunicação e Negócios (janeiro de 2005 a março de 2008), Chefe-Adjunta de Comunicação e Negócios (Março de 2008 a maio de 2009), Chefe-Adjunta de Administração (maio de 2009 até a presente data) e substituta do Chefe-Geral (setembro de 2010 até a presente data). Tem experiência na iniciativa privada, em que trabalhou por anos. Na Embrapa, atuou na área de transferência de tecnologia, comunicação, negócios, marketing, e em administração, especialmente em análise e melhoria de processos, gestão de pessoas, gestão orçamentária e financeira, gestão de patrimônio e suprimentos, gestão de campos experimentais vegetal e animal, gestão de produção animal, gestão ambiental e gestão da segurança da informação.

PESQUISA E DESENVOLVIMENTO

Celso Luiz Moretti exerceu até o momento o cargo de chefe do Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento (DPD). Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (1990), especialização em engenharia de produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2003), mestrado (1993) e doutorado (1998) em Fitotecnia (Produção Vegetal) pela Universidade Federal de Viçosa. É professor convidado do Departamento de Horticultura da Universidade da Florida, Gainesville, EUA, desde 2006; professor colaborador e orientador de estudantes de pós-graduação do Departamento de Nutrição Humana da Universidade de Brasília e professor honorário do Departamento de Agroindústria da Universidad Nacional del Santa (Peru), desde 2010. Foi Chefe-Geral da Embrapa Hortaliças, em Brasília, DF, de agosto de 2008 a março de 2013. Tem experiência na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos, com ênfase em Fisiologia Pós-Colheita, atuando principalmente nos seguintes temas: qualidade, hortaliças, pós-colheita, armazenamento, segurança dos alimentos, rastreabilidade, compostos bioativos e processamento mínimo.

TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA

Cleber Oliveira Soares foi até o momento Chefe-Geral da Embrapa Gado de Corte, onde ingressou em 2001. Exerceu, de 2005 a 2010, o cargo de chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento daquela Unidade. É médico veterinário pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro-UFRRJ (1996), mestre em parasitologia veterinária (UFRRJ, 1998) e doutor em ciências veterinárias (UFRRJ, 2002). Foi membro titular do Comitê Assessor Externo (CAE) da Embrapa Pantanal e membro do CAE da Embrapa Gado de Leite. Atualmente é membro do CAE da Embrapa Informática Agropecuária e da Embrapa Suínos e Aves. Foi Coordenador da Rede Sibratec de Inovação para Insumos em Sanidade Animal do Ministério da Ciência Tecnologia e Inovação - MCTI. Foi Coordenador para as Américas da Rede Global de Pesquisa e Inovação em Sanidade Animal - Star-Idaz. É Membro do Conselho Técnico do Instituto Fórum do Futuro. Ocupou o cargo de Secretário Geral da Sociedade Brasileira de Defesa Agropecuária – SBDA. Nos últimos 14 anos, tem atuado em gestão de ciência, tecnologia e inovação para o agronegócio. Foi Membro do Comitê Gestor das Estratégias da Embrapa. (Da Embrapa)

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2019 Norte Agropecuário