Criada em 21/10/2019 às 10h30 | Grãos

Empresa oferece oportunidade para classificadores de grãos no Tocantins e em outros nove Estados do Brasil

“Precisamos de pessoas que absorvam rapidamente as metodologias do Genesis Group e que estejam empenhadas em realizar de forma ética e transparente todas as etapas do processo de classificação de grãos”, explica Joaquim Resende, gerente de operações do Genesis Group.

Imagem
“Conhecimento prático não é necessário para o candidato", informa a empresa (foto: Seagro/Divulgação)

O Grupo Genesis anunciou que está oferecendo oportunidade de trabalho para mais de 500 classificadores de grãos nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, Tocantins, Piauí, Bahia, Maranhão, Paraná e Rio Grande do Sul. Para candidatar-se a vagas, não é necessário ter experiência. Os requisitos são apenas uma preferência por segundo grau completo e disponibilidade para viagens.

“Conhecimento prático não é necessário para o candidato. Precisamos de pessoas que absorvem rapidamente como métodos do Genesis Group e que estão empenhados em realizar forma ética e transparente todas como etapas do processo de classificação de grãos ”, explica Joaquim Resende, gerente de operações do Genesis Group.

De acordo com ele, o classificador tem um papel fundamental na cadeia produtiva, pois ele é o responsável pela inspeção das cargas agrícolas. “Sua função é garantir que os produtos comercializados estejam dentro dos limites das Instruções Normativas aplicadas pelo Ministério da Agricultura”, reforma ou gerente de operações do Grupo Genesis.

“O crescimento do agronegócio brasileiro nos últimos anos impulsionou a demanda por novos classificadores. Quando comecei minha carreira no Genesis Group, em 2006, a procura por este profissional era baixa. Hoje temos muitos classificadores atuando no mercado, porém, há demanda crescente devido à qualificação ideal para a realização deste serviço ”, indica Resende.

Ainda segundo Joaquim Resende, os candidatos podem estar abertos às transformações digitais. “No início da atividade, trabalhe com planejamento de papel e hoje é tudo digital e conectado”, completo. ( Do Agrolink e Portal do Agronegócio)

Tags:

Comentários

{{c.nome}}
{{c.comentario}}
{{c.dataCriacao}} às {{c.horaCriacao}}

Deixe um comentário

Redes Sociais
2019 Norte Agropecuário