Criada em 08/11/2017 às 23h51 | Exportações

Produtores rurais do Estado do Tocantins batem recorde e exportam mais de R$ 2,37 bilhões em soja neste ano de 2017

Maior valor da história, quantia representa quase 2 bilhões de quilos do produto; China é o maior comprador do Estado. O valor vendido nesses dez meses de 2017 é 81,24% superior ao mesmo período do ano passado, quando houve quebra de safra e problemas na colheita.

Imagem

DANIEL MACHADO
DE PALMAS

Recorde. O Tocantins nunca viu tanto dinheiro vindo do exterior com a comercialização de soja como em de janeiro a outubro de 2017. Ao todo, o Estado exportou US$ 723,19 milhões, o que corresponde a R$ 2,37 bilhões na cotação atual. Para se ter uma ideia de comparação, o montante é mais do que o dobro do Orçamento Municipal de Palmas.

Em volume, a comercialização foi de 1,92 bilhão de quilos do produto, ou seja, 1,92 milhão de toneladas de soja. Os dados foram apurados pelo Norte Agropecuário no sistema Alice Web, maior portal de informações oficias sobre transações internacionais do Mercosul. No brasil, o Alice Web é administrado pelo Ministério de Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

O valor vendido nesses dez meses de 2017 é 81,24% superior ao mesmo período do ano passado, quando houve quebra de safra e problemas na colheita. Na comparação com o mesmo período de 2014, maior já registrado até este ano, o aumento foi de 15,78%. Naquele ano, a comercialização de soja ao exterior rendeu US$ 624,62 milhões – R$ 2,04 bilhões.

OS PAÍSES

Como o Norte Agropecuário vem mostrando há muitos meses, a China, cada vez mais, se consolida como o principal parceiro do Tocantins nas transações comerciais internacionais. O país comprou US$ 526,4 milhões em soja de janeiro a outubro de 2017. O montante representa 72,79% das vendas do produto tocantinense ao exterior.

Com US$ 61,26 milhões, ou seja, um nono do que a China adquire, aparece a segunda colocada na compra de soja tocantinense, a Espanha. Em terceiro, vem a Holanda, US$ 25,80 milhões.

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2017 Norte Agropecuário