Criada em 18/05/2017 às 23h53 | Política brasileira

Líder ruralista e apoiador do impeachment de Dilma Rousseff, Ronaldo Caiado defende renúncia do presidente Michel Temer

“Diante da gravidade do quadro e com a responsabilidade de não deixar o Brasil mergulhar no imponderável, só nos restam a renúncia do presidente Michel Temer e a mudança na Constituição. É preciso aprovar a antecipação das eleições presidencial e do Congresso Nacional”, disse o senador.

Imagem
Caiado: "É preciso aprovar a antecipação das eleições presidencial e do Congresso Nacional” (foto: Agência Brasil)

Líder ruralista no Congresso, o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), que defendeu o impeachment de Dilma Rousseff (PT), defende a renúncia do presidente da República, Michel Temer, alvo principal de delação premiada de um dos donos do grupo JBS, Joesley Batista. Ele gravou conversa com Temer em que foi discutida a compra do silência do deputado cassado Eduardo Cunha, que está preso. A revelação foi do jornal O Globo.

“Diante da gravidade do quadro e com a responsabilidade de não deixar o Brasil mergulhar no imponderável, só nos restam a renúncia do presidente Michel Temer e a mudança na Constituição. É preciso aprovar a antecipação das eleições presidencial e do Congresso Nacional”, disse na nota assinada por Ronaldo Caiado, hoje aliado do governo. Ele defende ainda mudança da Constituição para aprovar a antecipação das eleições de 2018.

Voltar

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2017 Norte Agropecuário