Criada em 24/09/2018 às 10h36 | Agronegócio

Após notificação, 2 produtores acertaram contas com Estado; 1,4 mil vão para dívida ativa por débito de quase R$ 1 milhão

Adapec informou que, acordo com o relatório de arrecadação da Secretaria da Fazenda, apenas dois produtores rurais pagaram a dívida, num total de R$ 85,00. Foram notificados mais de 1.4 mil produtores e empreendedores ligados ao campo. O valor exato da dívida é de R$ 933.095,96.

Imagem

Mais de um mês depois de serem notificados pelo governo do Estado do Tocantins, apenas dois produtores rurais regularizaram débitos que totalizam quase R$ 1 milhão.

O prazo terminou no último dia 10, informa a Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec).

Em nota, a Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec) informou que, de acordo com o relatório de arrecadação da Secretaria da Fazenda, apenas dois produtores rurais pagaram a dívida, num total de R$ 85,00.

“A partir de agora, os produtores rurais que não quitaram a dívida serão gradativamente inscritos na dívida ativa”, informa a agência. 

A Adapec fez questão de ressaltar ainda que “período das dívidas é referente aos anos de 2014 e 2015, nessa época quando foram multados, todos assinaram um auto de infração onde era dado 30 dias de prazo para o infrator recorrer ou pagar a multa”.

A cobrança foi noticiada pelo Norte Agropecuário em 22 de agosto. Foram notificados mais de 1.4 mil produtores e empreendedores ligados ao campo. O valor exato da dívida é de R$ 933.095,96.

SAIBA MAIS SOBRE O ASSUNTO 

Estado cobra quase R$ 1 milhão de produtores e empresas do agro; devedores podem ir para dívida ativa

Estado notifica mais de 1,4 mil do agro em débito; prazo para evitar dívida ativa é de 30 dias

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2018 Norte Agropecuário