Criada em 09/04/2018 às 18h09 | Agronegócio

No retorno ao cargo, governador garante realização da Agrotins; feira está programada para ocorrer entre 8 a 12 de maio

“Os companheiros que sempre estiveram conosco na Agrotins, fiquem tranquilos. A Agrotins é uma realidade e nós vamos, se Deus quiser, lançar a Agrotins”, disse Marcelo Miranda, em entrevista coletiva, nesta tarde, no Palácio Araguaia.

Imagem
Agrotins movimentou mais de meio bilhão de reais na edição de 2017; governador garante sua realização, apesar de não especificar como custear a feira diante de decisão judicial que só permite gastos prioritários do governo (foto: SecomTO)

O governador Marcelo Miranda afirmou na tarde desta segunda-feira, dia 9, que a Feira de Tecnologia Agropecuária (Agrotins Brasil) será realizada neste ano. Questionado em entrevista coletiva após reunião do secretariado sobre a viabilização do evento, o governador afirmou: “Não se preocupem [produtores rurais]... Os companheiros que sempre estiveram conosco na Agrotins, fiquem tranquilos. A Agrotins é uma realidade e nós vamos, se Deus quiser, lançar a Agrotins”, disse. A feira está programada para ocorrer de 8 a 12 de maio, no Centro Agrotecnológico de Palmas, na T0-050, saída para Porto Nacional.

De volta ao cargo graças a decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), Miranda, que teve o mandato cassado em março deste ano, foi abordado pela imprensa sobre o tema diante do impasse político-administrativo vivido no Estado do Tocantins com a troca de gestão. Antes de Marcelo Miranda retornar ao cargo, o Estado foi dirigido por sete dias por Mauro Carlesse.

CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS SOBRE A FEIRA DE TECNOLOGIA AGROPECUÁRIA DO TOCANTINS 

DIVULGUE SUA MARCA, PRODUTOS E SERVIÇOS NA AGROTINS; Saiba como participar

Evento que movimentou mais de meio bilhão de reais em 2017, a Agrotins é uma das dez maiores feiras de tecnologia agrícola do país e está entre as principais da região norte. Recentemente, o Norte Agropecuário noticiou a apreensão que dominava o segundo escalão da Secretaria da Agricultura, que realiza a Agrotins, diante da indefinição do comando do Palácio Araguaia.

A maior preocupação em relação à Agrotins é a estruturação da feira, bem como a contrapartida do Estado para a sua organização. Anualmente, o custo do Estado com o evento é de aproximadamente R$ 4 milhões. Porém, com a instabilidade política no Tocantins após a cassação do governador Marcelo Miranda e de sua vice, Cláudia Lelis, por crime de “caixa dois” na campanha em 2014, uma decisão judicial impede que o governo interino gaste além do essencial para manter a máquina pública. Conforme a decisão judicial, os pagamentos do Estado neste período devem ser “prioritários, excepcionados os decorrentes de ordem judicial, de repasses constitucionais”, da folha de pagamento e Previdência. Esse aspecto é o de maior apreensão.

O Norte Agropecuário havia apurado, o que acabou se confirmando com as aspas do governador Marcelo Miranda, que os membros do segundo e terceiro escalões da Seagro não acreditam que o governo do Estado deixará de realizar a Agrotins, porém, o temor é em que condições a feira será realizada.

Miranda, na entrevista nesta tarde, afirmou que vai cumprir as determinações judiciais e dar continuidade aos projetos do governo.

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2018 Norte Agropecuário