Criada em 12/06/2018 às 04h25 | Agricultura

Congresso de Soja debate inovações em melhoramento genético

Nesta quarta, 13, acontece a conferência do pesquisador David Hyten, professor de genética vegetal do Centro de Inovação e Ciência Vegetal do Centro de Alimentação e Saúde da Universidade de Nebraska-Lincoln, que desenvolve pesquisas em genética e genômica básica em soja.

Imagem
A conferência melhoramento genético de soja acontece às 8h30. (Foto plantão de soja - Lenine Martins / Governo do MT)

Lebna Landgraf
DE GOIÂNIA (GO)

Que descobertas em genética podem melhorar as cultivares de soja? Quais os métodos inovadores disponíveis atualmente? Quais as principais linhas de pesquisa para o melhoramento de plantas em nível mundial? Para debater o panorama do melhoramento de genético de soja, o VIII Congresso Brasileiro de Soja, promove, neste dia 13 de junho, às 8h30, no Centro de Convenções de Goiânia a conferência, a ser ministrada pelo pesquisador David L. Hyten, professor de genética vegetal do Centro de Inovação e Ciência Vegetal do Centro de Alimentação e Saúde da Universidade de Nebraska-Lincoln.

Hyten desenvolve pesquisas em genética e genômica básica em soja e utiliza métodos que podem melhorar as características das cultivares de soja. Um dos focos do seu trabalho é o desenvolvimento de cultivares tolerantes à seca e ou que respondam à abundância de água. “À medida que experimentamos as mudanças climáticas, podemos tornar as cultivares capazes de resistir à seca e responder à abundância de água”, disse em entrevista por e-mail.

Seu trabalho se concentra no desenvolvimento de melhores métodos, ferramentas e estratégias genômicas de melhoramento genético para utilizar o conhecimento nos programas de melhoramento público e privado da soja. “Nosso objetivo é desenvolver novas técnicas que permitam incorporar a diversidade genética em novas variedades, mantendo os ganhos de rendimento”, enfatiza. Com isso, suas pesquisas visam acelerar a taxa de ganho genético em soja e minimizar os efeitos negativos das mudanças climáticas na produção de soja.

Confira a programação

8h30 às 9h30 - Conferência 3: Melhoramento genético de soja

10 às 12h30 - Painel: Projetando o futuro da resistência da ferrugem-asiática da soja

Painel: Efeito da dessecação em lavouras de soja

Painel: Microorganismos e sustentabilidade do sistema de produção de soja

14 às 16h30 - Painel: Perspectivas para o uso de imagens e sensores em sistemas de produção de soja

Painel: Avanços e desafios na produção de sementes de soja

Painel: Patógenos de solo

17 às 18 horas - Sessões: Genética e Melhoramento; Microbiologia, Fertilidade e Nutrição de Plantas; Plantas Daninhas; Tecnologia de Sementes

(Da Embrapa Soja)

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2018 Norte Agropecuário