Criada em 09/10/2018 às 16h53 | Política brasileira

Temer dá posse ao novo presidente da Embrapa agora: assista!

Sebastião Barbosa integrava uma lista tríplice na qual estavam também o atual diretor da empresa, Cleber Soares, e o ex-ministro da Agricultura Luis Carlos Guedes Pinto. O processo de seleção foi criticado pelas entidades do agronegócio.

Imagem
Sebastião Barbosa é o novo presidente da Embrapa (Foto: Jorge Duarte\Embrapa\Divulgação)

CLIQUE NESTE LINK E ASSISTA AO VIVO A CERIMÔNIA NO PALÁCIO DO PLANALTO 

Sebastião Barbosa assumirá como presidente da Embrapa a partir desta quarta-feira (10). A cerimônia de posse no Palácio da Planalto conta com as presenças do presidente da República, Michel Temer, do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, do presidente do Conselho de Administração, Eumar Novacki, que é secretário executivo do Mapa,  e do atual gestor da empresa, Mauricio Lopes. 

REAÇÃO NEGATIVA

Barbosa integrava uma lista tríplice na atual diretoria da empresa, Cleber Soares, e o ex-ministro da Agricultura Luis Carlos Guedes Pinto. O processo de seleção foi criticado pelas entidades responsáveis ​​pelo agronegócio , conforme o Estadão / Broadcast.

Na ocasião, 40 entidades do agronegócio receberam uma carta ao ministro da Agricultura, Blairo Maggi, criticando o processo de seleção. O setor queria opinar na escolha, feito pelo conselho de administração, composto exclusivamente por integrantes do governo.

QUEM É?

É um engenheiro agrônomo, especialista em estudos e foi contratado pela Embrapa em 1976, atuando em programas de controle e erradicação de pragas. Por 17 anos, trabalhou na Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), no Serviço de Proteção de Plantas, em Roma, Itália; e no escritório para a América Latina eo Caribe, em Santiago, Chile.

Coordenou uma conferência internacional da Embrapa e foi Chefe-Geral da Embrapa Algodão, centro de pesquisa localizado em Campina Grande - Paraíba, além de outras atividades exercidas na estatal.

A SELEÇÃO

A Embrapa é a primeira estatal a selecionar seu principal gestor seguindo as determinações da Lei das Estatais (Lei n° 13.303/2016 e Decreto n° 8.945/2016 ), que foi instituída em 2016. O processo seletivo para escolha do novo presidente foi iniciado em agosto deste ano e 16 candidatos se inscreveram - dez do quadro e seis externos (inclusive Sebastião Barbosa), sem vinculação com a Empresa. O Conselho de Administração realizou a análise curricular e a análise prévia de compatibilidade de todos os candidatos e depois entrevistou os três selecionados que atingiram a melhor pontuação técnica. O candidato mais bem avaliado foi submetido para aprovação prévia da Casa Civil da Presidência da República, nos termos do art. 10 da Lei das Estatais e art. 22, inciso II do Decreto nº 8.945.

A transição de gestão da Presidência da Embrapa foi iniciada no dia 1º de outubro. A mudança de comando não inclui os três diretores-executivos, que assumiram o cargo em julho de 2017 e possuem mandatos de dois anos, podendo ser renovados. A sucessão vai dar continuidade ao processo de revisão estrutural e funcional da Embrapa, iniciado em 2015 e demandado pelo ministro da Agricultura, Blairo Maggi, com o objetivo de aproximar ainda mais a Embrapa do setor produtivo. (Com informações do Mapa e da Embrapa)

CLIQUE AQUI E LEIA TUDO O QUE FOI PUBLICADO SOBRE UMA EMBRAPA NO NORTE AGROPECUÁRIO 

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2018 Norte Agropecuário