Criada em 28/09/2018 às 18h30 | Pesquisa

Estudo aponta aumento no rebanho bovino no Tocantins, com Araguaína líder do ranking; criação de aves tem queda de 34,4%

O plantel de suínos, entretanto, cresceu. Passou de 308.422 em 2016 para 311.667 no ano passado, aponta a Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM) do IBGE. A pesquisa aponta ainda o ranking dos municípios produtores e criadores de animais como búfalos, equinos, caprinos, ovinos e até codornas.

Imagem
O número que chamou mais atenção, entretanto, foi do item galináceos. O PPM aponta que em 2017 o Tocantins teve 8.920.806 aves. Já em 2016, era de 13.608.094 (foto: CNA\Divulgação)

Divulgado nessa quinta-feira, dia 27, pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM) aponta um pequeno aumento no rebanho bovino do Estado do Tocantins. Por outro lado, há uma redução de 34,4% no número de galináceos (galos e galinhas) criados no Estado.

Conforme o levantamento, o Tocantins encerrou o ano de 2017 com o rebanho bovino de 8.738.477. Em 2016, conforme o estudo, o Tocantins tinha 8.652.161 cabeças de gado. O saldo, portanto, é de 86.316 animais. 

SAIBA MAIS

Brasil fechou o ano passado com 214,9 milhões de cabeças de bovinos; redução é de 1,5%, aponta IBGE 

AGROPECUÁRIA: CLIQUE AQUI E VEJA O RANKING DA CRIAÇÃO DE ANIMAIS DE 2017 NO ESTADO 

NESTE LINK VEJA O RANKING DA CRIAÇÃO DE ANIMAIS DO ANO DE 2016, SEGUNDO O IBGE 

VEJA O ESTUDO DA PRODUÇÃO PECUÁRIA MUNICIPAL DE 2017 DO IBGE 

ACESSE O ESTUDO DA PRODUÇÃO PECUÁRIA DOS MUNICÍPIOS EM 2016 

O número que chamou mais atenção, entretanto, foi do item galináceos. O PPM aponta que em 2017 o Tocantins teve 8.920.806 aves. Já em 2016, era de 13.608.094.

O plantel de suínos, entretanto, cresceu. Passou de 308.422 em 2016 para 311.667 no ano passado, aponta o IBGE. A pesquisa aponta ainda o ranking dos municípios produtores e criadores de animais como búfalos, equinos, caprinos, ovinos e até codornas.

O Tocantins fechou, por exemplo, o ano passado com um número de 6059 bubalinos (em 2016 eram 6.725), 27.986 caprinos (em 2016 eram 25.278), 139.829 ovinos (foram registrados em 2016 o rebanho de 134.398), 195.328 equinos (no ano anterior era de 191.397).

RANKING DA PECUÁRIA

O estudo do IBGE traz ainda o ranking da pecuária tocantinense. Entre os destaques estão Araguaína, no norte tocantinense, em primeiro lugar com 237.591 bovinos. Sandolândia (380,6 km distante de Palmas), com rebanho de 205.046 bovinos, está em segundo lugar, seguido por Peixe (299 km de Palmas, no sul do Estado), em terceiro com 200.594.

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2018 Norte Agropecuário