Criada em 01/11/2018 às 08h53 | Agronegócio

“Crescimento econômico sustentável só se dá baseado na desburocratização”, afirma coordenador da CNA; assista

Responsável pelo núcleo econômico da entidade, Renato Conchon, falou ao Norte Agropecuário sobre o seminário “Desburocratizar para crescer - o agronegócio nacional e os seus aspectos burocráticos: desafios para a promoção”, realizado na terça-feira (30), na sede da CNA, em Brasília.

Imagem
Renato Conchon é coordenador do Núcleo Econômico da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (foto: CNA/Divulação)

Clique no ícone acima e assista a entrevista 

Em entrevista ao Norte Agropecuário, o coordenador do Núcleo Econômico da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil), Renato Conchon, destacou alguns temas do cotidiano do produtor rural brasileiro que devem ser desburocratizados. Entre os itens citados estão logística, licenciamento ambiental, crédito, entre outros. “Crescimento econômico sustentável só se dá baseado na desburocratização”, declarou Conchon.

Nesta semana, a entidade, em parceria com o Tribunal de Contas da União (TCU), realizou seminário sobre o tema. A CNA, inclusive, entregou ao TCU documento com sugestões que poderão ser aperfeiçoadas.

O editor do Norte Agropecuário, jornalista Cristiano Machado, acompanhou o seminário “Desburocratizar para crescer - o agronegócio nacional e os seus aspectos burocráticos: desafios para a promoção”, ocorrido na terça-feira (30), na sede da CNA, em Brasília.

VEJA TAMBÉM 

CNA vê horizonte e oportunidades para modernização do Estado em 2019

"Problema do produtor é da porteira para fora", afirma presidente da CNA

Martins defende desburocratização, cobra obras e diz que propostas de Bolsonaro “casam” com setor

“Crescimento econômico sustentável só se dá com desburocratização”, diz coordenador da CNA

Ineficiência do Estado gera R$ 162 bilhões de perdas para o setor produtivo do país, diz ministro do TCU

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2018 Norte Agropecuário